A Feira

A Feira Cultural e Científica de Mantenópolis surgiu da junção de ideias de diversas pessoas. Professores do município, professores e apoiadores dos Institutos Federais do estado, pessoas ligadas a ONG's que fomentam a cultura de feiras científicas no Brasil e diversas outros indivíduos que contribuíram para que esse evento pudesse ser realizado.

Com o apoio do IFES São Mateus e dos organizadores da Feira de Ciências do Norte Capixaba (FECINC), feira referência no estado do Espírito Santo, alguns professores de Mantenópolis participaram de um curso para formação de gestores de feiras científicas. A formação foi realizada pelo Instituto Tekoá, ONG que "busca contribuir com o avanço da pesquisa científica jovem." Nesse curso os professores foram impactados pela atmosfera e pelas experiências e decidirão tentar trazer esse impacto para seus colegas da cidade.

Com o intermédio de uma participante do curso, os organizadores da formação de gestores de feira juntamente com o Instituto Tekoá visitaram a cidade para conversar com as pessoas envolvidas na educação mantenopolitana. Essa visita concatenou ideias de feiras embrionárias que existiam nas diversas escolas do município, surgindo assim a possibilidade de realização de uma feira municipal. Dando o pontapé inicial para a criação da primeira Feira Cultural e Científica de Mantenópolis.

Nossa Meta

É atingir o maior número de escolas da região próxima ao município de Mantenópolis, ofertando assim, oportunidades para alunos, professores e gestores propiciarem um processo de ensino e aprendizagem mais dinâmico e protagonista.

Nossa ideia é que:

Ao propiciarmos esse tipo de metodologia, temoa a intenção de engajar professores, alunos e a comunidade para pensar sobre suas necessidades e potencialidades. Fazendo com que todos possam participar efetivamente da comunidade que qdesejam construir.